"Uma bobagem, uma irrelevância..."


E se a vida te surpreender? Se todos os planos tão bem planejados mudarem na última hora por algum “pequeno detalhe”? É, porque você nunca sabe o que vai acontecer. Nunca sabe se ao amanhã vai ser tão bom ou ruim quanto o hoje. Esperamos sempre que seja melhor, mas, honestamente, ninguém sabe. Tudo o que você constrói uma vida inteira pode se ver perdido em alguns minutos. Isso é uma coisa óbvia. Chega a ser ridículo dizer. Entretanto, torna-se necessário dizer.
E se você brigou com alguém que ama e não consegue perdoar? Amanhã descobre que a pessoa não está mais aqui, então, o perdão que você irá querer conceder também não servirá mais. Você planeja uma vida inteira nova, arruma um emprego no lugar dos seus sonhos e finalmente sente as coisas entrando nos eixos. No meio do caminho o avião cai. Por que não? Quem disse que ele não pode cair? É trágico? Claro que é. Ninguém quer perder outro alguém. Ninguém quer perder a si mesmo. Mas é real. Acontece o tempo todo. Para alguns, acontece porque tem que acontecer. Porém, o coração não entende essas regras da vida. Ele só sabe dos sentimentos que ficaram solitários na história.
Eu gosto de pensar que as coisas ruins vão acontecer e todos saberão passar por elas, mas a vida surpreende. Ela te coloca em situações não programadas. Talvez seja exatamente nisso que se encontre a emoção: no inesperado. Acontece que o inesperado nem sempre é bom, e é nessa hora que você se pergunta: por que tantos planos? Porque o amanhã primeiro do que o hoje? Sim, a maioria de nós vive o amanhã primeiro do o que hoje. O pedido de desculpas? Deixa para amanhã. A ligação para os pais? Deixa para amanhã. O jantar com os amigos? Deixa para amanhã. O curso novo que você tanto sonha e não tem coragem? Deixa para amanhã. Amanhã? Você acha mesmo que ele existe? Você acha que manda nisso mais do que a própria vida? Não, nem você e nem eu somos capazes de mandar nisso.
Estar pronto para imprevistos também faz parte do verbo viver. Estar pronto para as novas guinadas – boas ou ruins – é praticamente raro. A vida estraga os nossos melhores planos da mesma forma que surge com outros bem melhores. A vida é irônica e um tanto difícil às vezes. Você nunca sabe quantas coisas pode ganhar ou perder em 24h. Mas, se você parar para pensar, descobrirá que a vida, acima de tudo, é agora. E descobrirá também que não importam quantos planos você faça ou de quantas obrigações fuja, a vida sempre dará um jeito de te pegar. Ah, descobrirá ainda que mesmo com tantas surpresas, mudanças e até tragédias, “a vida é mesmo coisa muito frágil”.
Compartilhar no Google Plus

Autor: Camila Costa

Dizem que "essa guria tem uma caneta no lugar do coração". É gaúcha, jornalista e quase adulta com 23 anos. Um dia chega lá.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários:

  1. Muito bem colocada a citação de Nando Reis :) Parabéns!

    ResponderExcluir