Não pense em pensar

Your Body Is a Wonderland by John Mayer on Grooveshark

Sempre preferi que você não pensasse. Em outras noites ainda escrevi: "pensa, ou não pensa muito". Vou te pedir só uma coisa desta vez: não pensa, nem muito e nem pouco. Não descobre que sou metade vazio e metade amor, porque metades sempre esperam demais. Não pensa que não é feliz com pouco, porque eu sou pouco e quero te fazer feliz.

A verdade escondida atrás do meu silêncio é que cansei de brigar com a felicidade. Cansei de não entender isso ou aquilo, de esperar explicações ou imaginar situações. Você me fez feliz num tempo tão "agora" que eu esqueci do resto. E mesmo quando esse resto cruza comigo na estrada, ainda me lembro dos novos dias que você me trouxe. Eu guardo tantos jeitos em mim que tenho receio de te confundir, por mais que amor seja justamente confundir; eu quero nos ver clarear. E quero brigar é por nós, por ti, por cada dia que parece distante, mas eu te prometo: é nosso.

Toda vez que me deparo com a cena de um avião levantando voo eu desejo ir com ele sem destino. Tudo isso para "ver no que vai dar". Tive passagens em mãos para aviões que caíram sem decolar, mas essa metáfora você não vai entender. A diferença é que agora o meu aeroporto já funciona melhor. Eu escorrego, a pista molha às vezes, mas tudo está em pé. Sobre as milhas que nos esfolam, eu não quero pensar.

E nada - nem ninguém - até hoje foi mais bonito do que você ter me perguntado se eu precisava de um tempo, se queria pensar um pouco mais. Eu não quero pensar, sempre me entendi bem melhor com o "sentir". E de tudo o que senti até hoje você foi a marca mais bonita: não doeu, e a gente custa a entender quando o amor não dói, desacostuma. Por isso eu não penso, por isso não quero te ver pensando. Deixo tanta coisa pra depois, mas você não. Você é pra ontem.

E, se um dia eu parecer pensar demais, me tire daqui... Me tire de mim. Eu tenho medo das partidas.

Without you, the night scares me.
Compartilhar no Google Plus

Autor: Camila Costa

Dizem que "essa guria tem uma caneta no lugar do coração". É gaúcha, jornalista e quase adulta com 23 anos. Um dia chega lá.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 comentários:

  1. "Me tire de mim. Eu tenho medo das partidas."
    Aqui você fez morada. E sólida... <3

    ResponderExcluir